Acredito que as portas e janelas nos proporcionam o exercício de olhar através, buscando o que há dentro, o que há fora, ou simplesmente observando a beleza de todas as coisas. Metaforicamente pode-se dizer que não nos atemos ao óbvio com esse exercício, procuramos algo que não pode ser observado à primeira vista. As portas e janelas são a conexão da nossa intimidade com o mundo externo, as passagens pelos muros…

Up Next:

Bloco da Lama